“Bô” é uma criação sobre incorporações velozes, estados fugazes, contaminação. É resultado do trabalho de liberar a disposição para o improviso. O que a dança  pode fazer com o improviso? “Bô” traz para a cena os estados de improviso em que cada um percebe e incorpora a seu modo presenças imateriais que habitam o mundo.  

A partir de construções de estados, os intérpretes promovem criações instantâneas de movimentos e encontros inusitados. O improviso é a busca da abertura para um caminho,  até o momento em que se pode reconhecer que se já se está percorrendo uma trilha. O que era imaterial passa a aparecer na materialidade dos corpos. Neste momento começa a se desenhar uma movimentação concreta, um universo recortado de movimentos. Universo com seus fenômenos: forças de atração e repulsa entre corpos, órbitas, magnetismo, gravidade, aglomerações, geração de energia e calor.
O palco se abre para a encenação de outros planetas, num paralelo aos nossos fenômenos psíquicos menos conscientes. Na relação entre as experiências de movimento mais inconscientes e certos padrões do universo, “Bô” cria uma teia aparentemente caótica, mas de ligações consistentes.

O trabalho apresenta uma dança intensa, carregada de humor e delicadeza. Como se fôssemos ao inconsciente ou ao mundo dos sonhos, e  de lá trouxéssemos imagens, aparentemente caóticas, mas que na movimentação (materialidade) começam a se constituir como ilhas “mais humanas” entre os fluxos de movimento.

“Bô” é um convite à sensibilização do olhar, para recortar os momentos em que a cena (ou a vida) sugere uma percepção mais sutil. “Bô” ou “você” é uma maneira de convidar o espectador a habitar estes estados com os intérpretes,  queremos dizer podemos todos estar nesses lugares de abertura para o movimento.





Direção
Alice Ripoll

Criação e Interpretação
Alan Ferreira, Alex Tavares,
Leandro Coala, Liuz LA e Rômulo Galvão

Assistência de direção e operador de som
Anita Tandeta

Iluminação:
José Geraldo

Figurino:
Raquel Theo


Produção
Anita Tandeta

Design gráfico
Daniel Kucera

Fotografias
Renato Mangolin

Vídeos
Luiz Guilherme Guerreiro

Apoio
Rafael Machado Fisioterapia, 
ECD Escola Carioca de Dança e
Centro Coreografico da Cidade do
Rio de Janeiro (CCo)





Bô > Cia REC > Teaser from Alice Ripoll on Vimeo.




Fotos artísticas







Fotos de cena






Mídia




facebook
aliceripoll@gmail.com