Em 2007 a coreógrafa Alice dava aulas dança em uma ONG para jovens da Chácara do Céu, uma favela carioca. Eles tinham cerca de 18 anos de idade, possuíam um grupo de Hip Hop e ficaram interessados pela dança contemporânea.  Durante o primeiro processo de criação a ONG finalizou a parceria, e o grupo decidiu continuar sozinho, sem patrocinadores ou apoios, ensaiando em uma antiga igreja na favela onde moravam. Alice mostrou o trabalho em processo para um dos curadores do Festival Panorama, e ele decidiu colocá-lo na programação.
Após essa estreia especial o grupo nunca parou de criar, raramente com algum suporte, mas sempre com muita força e paixão, durante todos esses anos, tornando-se referência no Brasil de uma companhia que elabora e recria a arte contemporânea. Composta pela diretora Alice Ripoll e pelos os intérpretes criadores Alan Ferreira, Leandro Coala, Tony Hewerton, Luiz LA e Rômulo Galvão, o grupo conta com três espetáculos de dança contemporânea, uma peça voltada para crianças e uma performance.




Espetáculos


Foto: Renato Mangolin


Foto: Renato Mangolin


facebook
aliceripoll@gmail.com